Sobre amores e garrafas vazias de vinho.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Realidade ...

Contos de fada são a pior porcaria que já inventaram. Logo quando crianças nos enchem com histórias de cavaleiros bonitões e donzelas puritanas, num mundo onde sempre o bom e honesto é quem se dá bem. É como se toda a literatura infantil tivesse sido escrita na época do romantismo.

O problema é que esse tipo de conto não prepara a criança para o choque que o mundo é de verdade. A verdade é que ser bonzinho é proporcionalmente inverso à conseguir aquilo que você deseja.
 
Num mundo onde o mais forte devora o mais fraco, e pessoas pisam nos sentimentos alheios como pisariam em folhas secas, dizer que bondade é mais vantajoso que ambição, que bondade é superior a malícia, que bondade te dá mais oportunidades que a competição, é ser hipócrita ou burro, você escolhe.

As mulheres preferem os cafajestes, não os caras que são "bonzinhos". Os seres mais ricos desse planeta são também os mais desprezíveis. As pessoas se esquecem de todos que lhe deram bom-dia, mas elas vão se lembrar de quem as mandou tomar no cu.

As normas existem para a obediência dos tolos e a orientação dos sábios. (David Ogilvy)
Se eu tivesse cumprido todas as regras, eu nunca teria chegado em qualquer lugar. (Marilyn Monroe) 

A vida não é boa com quem é bom. Nem com quem está sempre respeitoso. Seja mais que audacioso, não limite seus desejos. Mostre que você briga pelo que é seu e controle sua vida, ou alguém a controlará.
 
[
 

Um comentário:

Roger Medyna disse...

gostei do blog... mto bom!
ja estou seguindo .
Se der segue aí tb